segunda-feira, 19 de março de 2012

Tradições pascais em todo o mundo



A Páscoa tem diferentes manifestações ao redor do mundo e é uma das maiores celebrações cristãs. Tem sua origem na festa judaica do Pessach ("passagem" em hebraico), uma referência à saída dos judeus do Egito e sua libertação da escravidão, com a chegada à terra prometida sob a liderança de Moisés.

Durante a festa judaica, o ovo, um dos únicos alimentos que não perde a forma depois de cozido, é utilizado como símbolo do povo de Israel. Em determinado momento, o chefe de família se levanta e diz: "O povo de Israel é como esse ovo, que quanto mais cozido na dor e no sofrimento, mais preserva sua unidade e sua identidade".

A comemoração foi adaptada pelo cristianismo para relembrar a ressurreição de Cristo, que também representa a renovação da vida. 


Desde o antigo Egito, o coelho era símbolo da fertilidade devido à sua incrível capacidade de procriação. O “Pessach” teve origem em ritos tribais, cujo objetivo era celebrar a paz entre os povos. O cordeiro era repartido entre os chefes das tribos, num jantar comunitário que reforçava suas alianças. Nesse contexto, assim como o ovo de animal, o coelho veio substituir o cordeiro, porém ainda estão presentes em algumas culturas, veja abaixo as comemorações em diversos países:

Bélgica e França: Os sinos não são tocados entre a 6ª feira da Paixão e o Domingo de Páscoa por causa de uma lenda que diz que os coelhos voam até Roma e quando voltam deixam cair ovos para todos. As crianças belgas produzem ninhos de palha, na esperança de que o coelho deixe muitos ovos.

Bulgária: Após a missa da 5ª feira Santa, pintam-se ovos cozidos e fazem-se pães pascais, os "kolache" ou "kozunak". Os pães e os ovos são abençoados. Cada um da família pega um ovo e bate nos ovos dos outros; aquele que ficar com o ovo inteiro terá sorte durante o ano.

China: No mesmo período da Páscoa, os chineses comemoram o "Ching Ming". Nessa época, eles visitam os túmulos dos ancestrais e deixam oferendas para eles, como forma de satisfazê-los em relação aos seus descendentes.

Estados Unidos: Os pais americanos costumam esconder ovos cozidos, decorados com tintas pela casa, para que seus filhos os encontrem. Algumas cidades fazem a "caça aos ovos" em praça pública.

Espanha: Assim como no Brasil, alguns espanhóis se reúnem no Sábado de Aleluia para malhar ou queimar o boneco que representa Judas. Apesar deste apóstolo ter traído Jesus, a igreja é contra o ritual.

Filipinas: a Páscoa é conhecida como "Mahal nd Araw''. Há dezenas de anos que os filipinos na 6ª feira Santa têm um ritual de crucificação, cujas imagens podem chocar os mais sensíveis. Os católicos são crucificados na cruz, exatamente como Jesus, como sinal de penitência. Embora esta prática tenha sido condenada pela Igreja, muitos ainda a fazem.

Finlândia: é uma festa puramente cristã, mas ainda hoje em algumas zonas da Finlândia, são feitas fogueiras de Páscoa, pois segundo um antigo costume finlandês, as fogueiras servem para prevenir e evitar que as bruxas façam mal ao gado. Na noite antes do início da Semana Santa vão à procura de gnomos e bruxas. Acredita-se que estes pressupostos gnomos são bruxas que causam inveja e miséria aos vizinhos mais prósperos.

Guatemala: Em certas regiões os índios Quiche rezam ajoelhados diante de espigas de milho (o alimento básico dessas pessoas). A celebração dos ritos tradicionais em honra da fertilidade coincide com a Páscoa, sua esperança é que a Páscoa vai trazer uma colheita abundante.

Índia: Os hindus fazem o festival Holi para relembrar o surgimento do deus Krishna. Nesta época a população dança, toca flautas e faz comidas especiais para receber os amigos. É comum que o dono da casa marque a testa dos convidados com um pó colorido.

Jerusalém: "dupla procissão da Paz", a celebração começa com uma série de procissões. Na 6ª Feira Santa, milhares de fiéis cristãos reconstroem os últimos passos de Jesus. Mais tarde, os peregrinos visitando o Santo Sepulcro, o túmulo onde, a tradição tem colocado Cristo. Mulheres vestidas de preto ungem com óleo a lápide.

Rússia: A tradição dos ovos coloridos também é forte na Rússia. Mas lá, ao dar o ovo para outra pessoa, se diz "Kkristos Vosgrés" (Cristo ressuscitou). Já quem recebe o presente deve responder "Voistinu Vosgres" (Ressuscitou realmente).

Suécia: As crianças fantasiam-se de bruxas na 5ª feira Santa ou na véspera da Páscoa e visitam seus vizinhos deixando cartões decorados para conseguirem doces ou dinheiro, como fazem os americanos no Halloween.

Vaticano: o Papa celebra uma missa especial. Para esta ocasião, vai todo o corpo diplomático, centenas de cardeais, bispos, padres e freiras, bem como milhares de peregrinos que enchem a Praça de São Pedro.

Espero que tenham gostado da matéria! Caso alguém tenha algum adendo a fazer, por favor, escreve nos comentários.

Até a próxima

Alessandra

Fontes de Pesquisa:
Mundo Estranho Abril


2 comentários:

  1. Ola guria
    muito tri seu post
    digamos q nos deixou um pouco mais informado
    sobre alguns costumes pascais em outras bandas
    achei bem estranha a da China

    bjim guria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Guria, Feliz Páscoa!
      Muito Obrigada pelo elogio... esta data na China deve ser como o nosso Finados, acredito, não sei.
      Está acontecendo um sorteio aqui no Blog, se quiser participar preencha o formulário constante na matéria: 1º Sorteio no Blog da Família Frota Guedes. Aguardo você!
      Beijinhos,
      Leleka

      Excluir

Deixe um comentário, uma sugestão ou crítica.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...